Opinião

Fui despedida, e agora? – Dicas que podem ajudar

Fui despedida recentemente por isso tenho algumas dicas para quem esta a passar por esta fase! Oi, oi Ladies and Gentlemen! Como devem ter reparado o blog anda paradinho… Isso acontece porque a vida deu muitas voltas 😉 Pois é.. fui despedida! Bem.. temos que pensar que é uma coisa normal na vida de quem […]

Continuar a ler

Fui despedida recentemente por isso tenho algumas dicas para quem esta a passar por esta fase!

fui despedida
Oi, oi Ladies and Gentlemen!

Como devem ter reparado o blog anda paradinho…
Isso acontece porque a vida deu muitas voltas 😉
Pois é.. fui despedida!
Bem.. temos que pensar que é uma coisa normal na vida de quem trabalha… toda a gente irá passar por isso pelo menos uma vez 😉
(A menos que sejamos freelancer ou dono do nosso próprio negocio)

No meu caso, fui despedida porque que o negócio não ia bem, coisa que eu já ia percebendo com o tempo.
Quando uma pessoa fica com poucos projectos, trabalha apenas para projectos internos a custo 0, e vê os patrões com cara de chateados é sinal que a coisa não vai bem.
Existe sempre a esperança de que seja apenas uma fase e no futuro tudo volte as boas graças.
Mas isso não aconteceu.. chegou o dia em que tive a bela conversa de despedida com os meus antigos patrões.
Desde de que fui despedida fui aprendendo algumas coisas sobre direitos, subsideos e procura de trabalho que acho bom partilhar convosco.. nunca se sabe quando se irá precisar não é mesmo?

1- Como ligar com o despedimento

É sempre complicado..
A rotina da nossa vida vai mudar obrigatóriamente, o que deixa um sentimento triste.
Mas temos que pensar que novos desafios virão pela frente, que a vida pode mudar pelo melhor.
É necessário perceber o que aprendemos nesse último emprego, o que fizemos de bom e queremos levar para uma futura carreira e o que erramos para tentar evitar.
Podemos também ver o despedimento como uma oportunidade de procurar uma carreira numa diferente área, apostar em sonhos…

2- Tribunal de Trabalho

Mesmo que o despedimento seja “amigavel” devemos ir ao tribunal de trabalho verificar o valor correcto dos nossos direitos, dias de férias e perceber todos os papeis que precisamos.
Caso a entidade patronal peça para pagar os direitos em prestações é necessário marcar as datas para esses pagamentos e deixar tudo em contrato no tribunal de trabalho para evitar chatices!

3- Segurança Social

Para receber o subsideo de desemprego é necessário levar 2 papeis, a carta de despedimento e um formulário preenchido pela empresa com todos os dados salariais entre outros.
Normalmente a empresa enviará esse formulário pela plataforma online.
Caso não envie via online terá que vos mandar juntamente com a carta de despedimento (as duas coisas devem ir em carta registrada).
Depois disso a segurança social fará as contas ao valor que irão ganhar.
Dica: A segurança social esta sempre cheia e demoramos imenso tempo lá a espera. por isso o melhor é chegar cedo, tirar a senha e mandar sms para o codigo que lá esta. Podemos sair, tomar pequeno almoço, ir para um café com net e procurar emprego ou dar uma volta e quando faltarem 10 pessoas a nossa frente recebemos um aviso!
Assim não ficamos lá horas e horas á seca!

4- Portefolio e carta de recomendação.

Antes de enviar curriculo nada melhor do que preparar um portefólio com fotos, descrições de projectos já realizados.
Isso mostra a empresa a nossa maneira de trabalhar, sentido de organização e responsabilidade.
Adicionar testemunhos de clientes ou carta de recomendação também dá mais valor ao portefólio.

5- Apostar em formação

Quando uma pessoa esta desempregada acaba por ter mais tempo e deve aproveita-lo para aprender mais.
Existem muitos cursos gratis para desempregados em muitas áreas que dão imenso jeito com linguas.
Basta ir a um Gabinete de apoio do IEFP para ficar a par de todos os cursos.

6- Curriculo

É necessário actualizar o curriculo!
Devemos até ter 2 versões do curriculo, uma versão curta só com os pontos importantes e uma versão completa.
Para não falar que devemos ter o curriculo pelo menos em portugues e ingles.

7- Projectos pessoais são muito valorizados.

Toda a gente tem um hobby e esse hobby deve ser declarado no curriculo!
Desde blogs, trabalhar como voluntário em alguma organização ou pertencer a algum grupo!
Isso mostra a empresa que somos pessoas com vontade de trabalhar por um objectivo que se goste.

8- Não vale a pena desesperar!

Existem fases em que encontramos mais propostas e outras em que não encontramos nada de jeito.
Mas não vale a pena desesperar nem aceitar qualquer proposta!
O nosso trabalho tem valor! Não vamos trabalhar de graça nem por 2 tostões!
Temos que valorizar o nosso conhecimento e tecnicas para que o mercado seja obrigado a dar-nos valor!

9- Arranjar um grupo de amigos e familia para pedir conselhos!

É complicado dizer aos amigos ou familia que estamos sem emprego… mas é sempre bom tem a opinião e apoio moral das pessoas que gostamos!

Felizmente eu já consegui arranjar um novo emprego e estou numa nova fase da vida que irei partilhar convosco muito brevemente 😉
Espero que quem esteja nessa fase de desemprego consiga ter a msm sorte que eu!

Divirtam-se !!! ;)

pincel duo face

 

 

Fashion

Saldos – Truques e dicas para escolheres melhor!

Os saldos começaram! Por isso hoje dou-te algumas dicas para comprares as melhores peças para ti! Oi, oi Ladies and Gentlemen! As promoções começaram até antes do Natal, mas só agora é que os saldos realmente deram o ar da sua graça! Por isso só agora é que estou com vontade de gastar o meu […]

Continuar a ler

Os saldos começaram! Por isso hoje dou-te algumas dicas para comprares as melhores peças para ti!

saldos

Oi, oi Ladies and Gentlemen!
As promoções começaram até antes do Natal, mas só agora é que os saldos realmente deram o ar da sua graça!
Por isso só agora é que estou com vontade de gastar o meu pouco dinheirinho em roupinhas novas 😉
Mas se há coisa que me irrita é provar as roupas na loja! Parece que nada fica bem no corpo…
As peças que mais gosto de ver nas cruzetas fica mal no meu corpo, e as que poucas peças que me ficam bem na loja não me convencem lá muito…
Assim acabo sempre por comprar os básicos e pouco mais..
É um pouco frustrante!
Os saldos são a oportunidade perfeita para comprar peças tendência que andávamos a namorar há muito.
E quando finalmente temos oportunidade de comprar por bom preço nada nos agrada ;(
Mas eu descobri alguns truques que me ajudaram a resolver esse problema 😉

saldos

1- Tempo e calma

Ir aos saldos e comprar coisas boas é uma verdadeira arte!
E como toda a arte é necessário calma e paciência para executa-la 😉
Não só para procurar bem no meio da confusão, mas sobretudo para vestir as peças, perceber como elas funcionam e ajeita-las o corpo para ficarem bem!
As vezes as peças não ficam bem de primeira!
Também deves procurar ir a loja num dia mais tranquilo e horário mais livre… eu sei que é mais prático ir ao fim de semana, mas tenta ir de manhã cedo ou se puderes vai no final do dia durante a semana para teres mais calma .

saldos

2- Não comas demasiado antes de ir as compras

Dica de amiga.. nunca vás experimentar roupa depois de comer, sobretudo se fores a sítios mais gordurosos como McDonalls.
Vais te sentir inchada e não vais gostar da maneira como as roupas ficam no corpo..
Para não falar do sono que dá e a preguiça!

3- Boa roupa interior

Pois.. sejamos sinceras!
A roupa interior faz toda a diferença no corpo de uma mulher! As vezes faz milagres!
Por isso se sabes que vais aos saldos e vais experimentar roupa leva aquela cueca mais adelgaçante, ou então aquela cueca que te faz sentir sexy, que realça as curvas do teu corpo!
O mesmo se passa com o soutien!
Escolhe um que te ponha tudo em cima e se possível com alças removíveis para que as possas tirar no caso da blusa que experimentares assim o peça!
Acredita que isso faz muita diferença na hora de experimentar e escolher as roupas, pois visualmente as peças ficam mais bonitas!

saldos

4- Os sapatos perfeitos

Um outfit não é só roupa! Os sapatos fazem toda a diferença 😉
Por isso quando vamos para o provador com um monte de roupa nas mãos para experimentar devemos também levar um par de sapatos que case com a maioria das roupas!
Não adianta experimentar um monte de vestidos fofinhos com uma sapatilhas de montanha.. Visualmente cria um impacto negativo e acabas por não comprar peças bonitas que te ficam bem por causa disso!

saldos

5- Número certo

Amiga.. se tu usas um 38/40 não tentes meter-te dentro de um 36 só porque queres!
Sobretudo depois do Natal e Ano Novo onde comemos demais..
Eu sei que o teu objectivo deste ano é emagrecer ;), mas não compres roupa mais pequena. Vai vendo a tua roupa a ficar larga que vai te fazer muito bem ao ego 😉
Mas muitas vezes acabamos por levar roupa apertada para o provador e vemos os bacons a sair de lado.. isso deixa-nos logo irritadas e sem vontade de experimentar mais nada!
Por isso vê bem a “forma da roupa”, e verifica se o modelo não veste pouco…se for preciso um numero maior não há problema!
E vocês? Tem alguma para compras nos saldos?

Divirtam-se !!! ;)

pincel duo face

 

Decor | Opinião

Organização em casa – Os meus 7 truques!

Começa Janeiro e começa a saga da organização que só dura no máximo até Março! Oi, oi Ladies and Gentlemen! Se clicas te neste post, minha amiga ou meu amigo, é porque tu, tal como eu, tem o objectivo de ser super organizado este ano.. Aliás.. todos os anos é a mesma coisa! Compro agendas […]

Continuar a ler

Começa Janeiro e começa a saga da organização que só dura no máximo até Março!

organização
Oi, oi Ladies and Gentlemen!
Se clicas te neste post, minha amiga ou meu amigo, é porque tu, tal como eu, tem o objectivo de ser super organizado este ano..
Aliás.. todos os anos é a mesma coisa! Compro agendas e meto lá em letras gordas “Organizar os tarecos todos”.
Eu até consigo organizar as coisas bonitinhas.. o problema é manter!
Mas já encontrei algumas dicas que me ajuda não só no processo de organização mas também e ajudam a mante-la em vários sectores da minha casa!
organização

1- Tupperwares organizadores na cozinha

Começas o ano e além de ser uma pessoa organizada queres estar na dieta não é mesmo?
Por isso esta dica é para ti!
Para a dieta não há nada melhor do que definir porções e adiantar trabalho. Por isso no dia em que fizeres as compras da semana pesa a carne que consumirás por refeição e coloca-a num Tupperware.
Assim quando fores a cozinhar durante a semana já saber que só podes comer aquela quantidade!
Podes também cortar os legumes e separar em porções nos vários potinhos, criando diferentes misturas para não enjoar.
E claro que podes fazer uma panela de sopa e separar em porções e ir comendo ao longo da semana…
Sim.. vai ser um dia complicado cheio de trabalho, mas compensa muito ao longo da semana!
Vais ter mais tempo para ti e mais foco na dieta!
Além de que vai manter o teu frigorifico mais organizado e até limpo! Vais ver que vais ter mais espaço no congelador também.

organização

2- Organiza os teus temperos

Quem esta de dieta acaba por recorrer muito a temperos para dar mais sabor a sua comida sem adicionar calorias.
Por isso criamos uma enorme colecção de frascos e frasquinhos!
No meio da confusão acabamos por nunca saber onde estão as coisas que precisamos e pode até causar acidentes.
(Quem nunca trocou canela por nós moscada?)
Além de que por vezes um tempero cai e suja toda a dispensa, dando um trabalhão enorme!
Por isso resolvi reutilizar o organizador de pia que estava parado cá em casa. Os temperos cabem perfeitamente nas suas divisões e posso criar “Famílias de temperos”!
Assim cada um deles tem o seu sítio, é mais fácil de encontrar, e a probabilidade de dar asneira é menor, além de ser mais fácil de limpar caso algum tempero caia.

organização

3- Caixinhas do Ikea na lavandaria

Volta e meia o ikea lá começa uns saldos ou promoções.. Normalmente nem gosto de nada mas aproveito sempre para comprar caixas organizadoras pequenas para organizarem a minha lavandaria.
Aproveito para guardar sacos, molas da roupa, produtos de limpeza e também para separar a roupa que precisa de ser passada!
Tenho uma caixa para roupa urgente, roupa que uso pouco, roupa que precisa de cuidados extra e outra para roupa tão complicada que só a minha mãe consegue tratar 😉
Para não falar claro da caixa para meias perdidas! (Impressionante, parece que a maquina come meias!)
Essas caixas também são jeitosas para os amantes de tecnologias que se vêem cheios de fios e cabos!
Podem separar os cabos em cada caixa, por exemplo, tudo o que for da máquina de fotografar vai para um lado, o que for do telemóvel vai para outra caixa, etc!

organização

4- Organiza a papelada com pastas!

Bem.. esta dica não é propriamente nova 😉
Mas infelizmente não conheço melhor maneira de organizar a papelada que temos em casa..
(A não ser passar tudo para digital)
No final do ano temos que dar duas voltas as gavetas e tirar toda a papelada que não importa.. ao fim e ao cabo é lixo, e por vezes dificulta o processo de encontrar o que realmente é importante.
Então eu pego numa pasta e faço alguns separadores, como contas, garantias, saúde, segurança social, etc..
E coloco os papéis em capinhas plásticas para que não se estraguem.
No caso de talões importantes como garantias, colo-os numa folha A4 e escrevo em letras gordas ao que se refere!
Porque as vezes no talão têm um nome estranho da marca ou modelo que fica complicado de perceber ao que se refere (as vezes só percebemos pelo preço).
Assim é mais fácil identificar!

organização

5- Cabides finos no Closet

Devo admitir que talvez tenha um bocadinho de roupa a mais no meu armário.. por isso tenho que aproveitar bem o espaço!
Uso cabides bem fininhos e leves para que mais roupa caiba lá e também para que seja mais fácil tirar e meter a roupa no armário sem deitar nada a baixo.
Se a roupa é escorregadia podes usar cabides emborrachados ou usar elásticos de plástico nas pontas para que não caiam tanto.

organização

6- Caixas de plástico para organizarem sombras

No meio da confusão de maquilhagem a gente nem sempre sabe o que tem ou deixa de ter… eu por exemplo já comprei 2 vezes a mesma sombra!
Então eu tento organizar as minhas paletinhas pequenas e sombras individuais em caixinhas de plástico!
Podemos comprar caixas na loja do euro, mas eu acho que acaba por sair caro, por isso eu prefiro reutilizar caixas de ferrero ou caixas de cotonetes!
Mas também já comprei mini caixas de prenda na loja dos chineses (3 por 1 euro) e utilizei a tampa e a base para organizar as sombras!
Normalmente organizo por marca e depois por gama e cor!
Funciona bem comigo…

organização

7- Plasticina para a organização dos batons

Uma dica extra para as amantes de maquilhagem!
Eu não gosto de ter batons em caixinhas como as sombras..
Não me parecem organizados, fica difícil de encontrar o que quero.. não me parece funcional
Também não me apetece gastar balúrdios em divisórias de acrílico, apesar de bonitas não vejo muito interesse de as ter metidas numa gaveta.
Por isso inventei o meu sistema de organização de batons
Comprei uns potes de plasticina na loja do euro (1,49 por 4 potes) amassei bem, alisei e fiz uma espécie de tapete de plasticina dentro da gaveta.
Depois organizei os batons por ordem de marca preferida e que uso mais até aos batons que uso menos.
Fui pressionando o batom na plasticina até ele ficar bem seguro!
Assim eles ficam de pé até de rabo para cima para que consiga identificar melhor a cor, não caem e fica muito mais bonito e organizado!
E vocês? Tem alguma dica de organização para me ajudar com as tralhas?

Divirtam-se !!! ;)

lefties sport

 

Opinião | Uncategorized

Revendedoras – Hoje tenho dicas para vocês!

Revendedoras? Precisam de umas dicas para ajudar? Oi, oi Ladies and Gentlemen! Hoje ainda não fiz a minha boa acção do dia.. por isso resolvi escrever um post com dicas! Dicas sobre o quê? – Perguntam vocês e muito bem… Talvez de marketing ou talvez de bom senso para todas as revendedoras. Não… eu nunca […]

Continuar a ler

Revendedoras? Precisam de umas dicas para ajudar?

revendedoras
Oi, oi Ladies and Gentlemen!
Hoje ainda não fiz a minha boa acção do dia.. por isso resolvi escrever um post com dicas!
Dicas sobre o quê? – Perguntam vocês e muito bem…

Talvez de marketing ou talvez de bom senso para todas as revendedoras.

Não… eu nunca vendi nada a ninguém.. nem tão pouco tenho jeito ou vontade para semelhante coisa.
Mas sou filha, neta e bisneta de 3 grandes homens do mundo do comércio.
Por isso aprendi algumas coisas com eles!
E claro que eu própria adoro comprar e gastar o meu dinheirinho, por isso tenho um ponto de vista interessante para que quer vender não é mesmo?
Por isso trago-vos 7 conselhos básicos que poderiam utilizar na vossa estratégia de revenda.
Acreditem que isso pode-vos trazer bons frutos!

1- Não sejas chata!

Quando eu era jovem e andava na universidade pensei em inscrever-me como revendedora para “ganhar uns trocos!”
Disse isso a um amigo meu, que rapidamente disse que iria-me tornar uma testemunha de jeová da maquilhagem.
Ou seja, só ia falar da marca e dos produtos em todos os contextos, o que é chato para quem não esta interessado não é mesmo?
Se vocês são revendedoras não fiquem a falar dos vossos produtos por tudo e por nada.
Se o tema da conversa na roda de amigos for maquilhagem, cuidados com a pele podem fazer referência, claro.
Se alguém se queixar que tem a pele seca, oleosa, irritada, ou se alguém pedir algum conselho também podem aproveitar a oportunidade para vender.
Agora se estas num café com os amigos a reviver os bons velhos tempos esquece o trabalho e diverte-te!
Assim os teus amigos não terão medo de te convidar da próxima vez.
Também não sejas chata no facebook!
Não há nada pior do que receber mensagens de gente que nem conhecemos a perguntar se queremos ser revendedoras da marca X ou Y.
Acredita em mim.. quem estiver interessada vai procurar!
Isso só cria uma má imagem da marca e dos revendedores associados!

2- Não cries campanhas falsas, truques de português e outros mecanismos de engano!

Isso é o que mais se vê!
No outro dia recebi um e-mail que dizia dar um bom desconto em alguns produtos e ainda oferecia um brinde.
Quando perguntei mais informações fui informada que tinha que me tornar revendedora da marca para receber esses descontos.
Obviamente que esses descontos são os básicos oferecidos a todos os revendedores pela marca.. não era nenhuma campanha na verdade!
Destrói a credibilidade da marca e ainda dá fama de “trafulhas” a todos os revendedores
É por isso que as pessoas fogem das revendedoras como o demónio da cruz!

3- Nunca queiras vender nada que o cliente não tenha vontade de comprar.

Essa foi uma bela dica que o meu santo pai me deu um dia..
Tu podes ter um produto muito bom, mas se o cliente não quiser e só comprar porque insististe muito ele vai deixar o produto de lado!
Ou vai usar com má vontade!
Por isso ele vai associar o produto ao conceito de “dinheiro deitado fora”, e vai começar a perder a confiança com o vendedor.
O maior truque de uma pessoa que vende algo é perceber as necessidades gostos do cliente!

4- Cria um contexto, um cenário, uma história onde o teu produto é herói.

Muitas vezes a revendedora percebe o cliente precisa de um determinado produto…
As vezes esta com a pele muito seca, e por isso precisaria de um creme hidratante não oleoso por exemplo.
Mas o cliente não vê essa necessidade.
Qual é o truque?
Contar uma história, verídica claro, onde esse produto realmente funciona!
Nada melhor do que tirar o telemóvel e mostrar uma review do produto, com fotos do antes e depois da pele.
Tentar contextualizar esse exemplo a situação do cliente para ele começar a ganhar o desejo de compra.
Quanto mais informal for a conversa melhor!

5- Fala de outras marcas!

Eu sei que todas as revendedoras têm um amor enorme a camisola.
Acho isso muito bonito, ao fim e ao cabo as marcas de venda tem uma filosofia de trabalho mais saudável e mais feliz do que um trabalho convencional.
Mas existem outras marcas no mercado igualmente boas.. por isso é sempre bom numa conversa com o cliente falar de produtos semelhantes de outras marcas.
Onde se pode comparar qualidade, preço, quantidade de produto
Isso dá mais segurança ao cliente 😉

6- Revendedoras devem ter opinião crítica

Por mais amor que tenhas a tua marca tens que admitir que nem tudo é fantástico!
Existe alguma linha mais fraquinha, ou o preço não é o mais amigo.
E claro que existem alguns produtos que só funcionam em algum tipo de pele, cabelo, idade específico não é mesmo?
Faz essa crítica aos teus clientes!
Se uma senhora de 65 anos quiser comprar um creme ideal para uma pele de 20 explica-lhe que não é uma boa compra.
Nem que isso signifique que percas essa venda!
Isso cria um elo de confiança, e no futuro ela vai sentir-se confortável em comprar-te outros produtos porque foste honesta!

7- Mostra as grandes promoções

Não há nada melhor do que uma etiqueta vermelha para criar o desejo de compra 😉
Eu adoro uma promoção! Mas tem que ser uma promoção boa!
Analisa bem o catálogo e assinala os produtos que realmente são top de linha e estão com um preço muito bom.
Mostra esses produtos a tua cliente como os verdadeiros achados 😉

Aplica estas dicas na tua vida de revendedora e vais ver que a sorte irá te sorrir!

Opinião

Black Friday – Iremos pagar metade do dobro?

Próximo dia 24 de Novembro temos uma black Friday que promete bons preços.. mas será que iremos encontra-los? Oi, oi Ladies and Gentlemen! Hoje o post é rápido, já que estou doente e não consigo produzir o conteúdo com tanta qualidade quanto gosto.. mas mesmo assim acho que é um post importante. Não sei se […]

Continuar a ler

Próximo dia 24 de Novembro temos uma black Friday que promete bons preços.. mas será que iremos encontra-los?

black friday
Oi, oi Ladies and Gentlemen!
Hoje o post é rápido, já que estou doente e não consigo produzir o conteúdo com tanta qualidade quanto gosto.. mas mesmo assim acho que é um post importante.
Não sei se sabem mas no dia 24 de Novembro temos uma Black Friday, que nada mais é do que um dia onde as lojas ficam loucas e colocam  preços bem reduzidos nos produtos que andávamos a namorar.
Bem.. pelo menos esse é o conceito criado na América.
Lá supostamente encontram-se produtos com descontos de 50% ou mais, o que é óptimo para iniciar as compras “natalícias”.
Inicialmente eram as lojas de tecnologias e electrónicos que participavam neste movimento, mas hoje em dia todas as lojas aderem ao Black Friday.

Aqui em Portugal a história é ligeiramente diferente.

A Black Friday alonga-se pelo fim-de-semana a dentro, chegando até á segunda-feira, a famosa Ciber Monday, (onde encontramos descontos em lojas online) e os valores de descontos não são assim tão altos.

As coisas que mais queremos estão com desconto no máximo de 30%.

Os descontos a cima de 50% são em peças antigas que já tiveram em saldos 300 vezes!

Mas o pior não é isso…

Muitas vezes as lojas passam os preços dos produtos para o dobro na semana anterior ao black friday  para poderem dar um desconto de 50%  nesse dia!

Basicamente querem vender o produto por metade do dobro do preço…
A isso chamamos de “enganar o cliente”!
Por isso comecem a verificar os preços das coisinhas que vocês querem aproveitar.. comparar os preços em várias lojas para teres a certeza que não há enganos e trafulhices!
Um truque bem bom é repares nas newsletteres das lojas que mais gostas!
Vê os preços das newsletteres antigas e comprar com a newsletter de Black Friday.. Dá trabalhinho mas é melhor do que ser roubado não é mesmo?
Uma da maneira de identificarmos se vale a pena ou não comprar numa determinada loja é ler em muitos fóruns, blogs e até páginas do facebook onde as pessoas partilham as experiências de compras.

Temos que saber qual é a “fama da loja” não é mesmo?

Se é a primeira vez que estas a pensar numa determinada loja pesquisa para saber se é uma loja de confiança, se aumenta o preço dos portes para compensar os descontos, se os produtos vem perfeitinhos e bem embalados, etc..
Se fizerem compras online verifiquem se os prazos de entrega se mantêm também!
Como algumas lojas sabem que ficam sobrecarregadas no Black Friday acabam por estender muito os prazos de entrega.
Por isso se estiveres com ideias de comprar algo com urgência pode “sair furado”.

Temos também que ter cuidado com o consumismo tresloucado que esta altura pede.
Nós não precisamos de tudo o que esta em promo!
As vezes compramos por impulso e não usamos os produtos, acabando por se tornar dinheiro deitado ao lixo!
O melhor é criar uma lista de coisas que precisamos sem ver qualquer promoção.
Depois pegamos nessa lista e procuramos a loja com melhor preço..
Se virmos algo interessante anotamos na lista de “Coisas que não sei se valem a pena”.
Depois perguntamos ao amigo mais “mão de vaca” que temos!
Ele certamente ajudará a fazer apenas as compras que realmente valem a pena!

E vocês? Tem alguma dica para sobreviver a este Black Friday?

Divirtam-se !!! ;)

pincel duo face

 

Opinião

Primark, compras e educação – #ficaadica

Um pequeno manual que virá em capítulos com dicas sobre Primark, compras e educação nesta época de Natal e não só! Oi, oi Ladies and Gentlemen! Devo confessar que volta e meia fico sem inspiração para escrever posts. O que faço para recuperar a criatividade? Meto a mente e a alma, juntamente com o corpo, […]

Continuar a ler

Um pequeno manual que virá em capítulos com dicas sobre Primark, compras e educação nesta época de Natal e não só!

primark
Oi, oi Ladies and Gentlemen!
Devo confessar que volta e meia fico sem inspiração para escrever posts.
O que faço para recuperar a criatividade?
Meto a mente e a alma, juntamente com o corpo, na Primark (ou vou ao site)..
Saio de lá sempre com algumas ideias… umas melhores que outras.
A ideia de hoje foi criar um manual de educação!
Primark, compras e educação sobretudo na época de compras de Natal não é uma coisa que aconteça lá muito!
Eu sei que dá para escrever uma bíblia sobre o assunto.. mas eu vou escrevendo alguns capítulos conforme vá vendo a estupidez do ser humano dentro de um espaço pequeno cheio de coisas com preços mais acessíveis aka Primark.
Separei então 5 tópicos que eu acho tão básicos que parece estúpido não serem cumpridos.

1- Existem 2 sentidos nos corredores!

No lado direito vão as pessoas que estão a entrar e ver a loja.
No lado esquerdo vão as pessoas que estão a sair da loja.
Funciona mais ou menos como nas estradas.
Há sempre alguém que se lembra de ser do contra e ai começa um “transito” terrível.
Ou então alguém se lembra de parar para olhar alguma roupa.
Amiga.. se queres ver alguma coisa não pares no meio do corredor principal! Desvia-te para os corredores laterais que tem menos trafego e assim não incómodas ninguém!

2- Namorados / Maridos emburrados e discussões conjugais são dispensados.

Vah.. 8 em cada 10 homens detestam ir a Primark.
(Estatísticas elaboradas pela minha pessoa.. Sempre fui óptima em números ;))
Por isso sempre que vamos a Primark vemos um monte de homes a porta com o telemóvel na mão.. a bufar por todo o lado enquanto esperam pelas mulheres.
Até ai.. tudo bem!
Eu pessoalmente meto o meu home na Fnac para se entreter!
Não o vou levar para dentro da Primark para o ouvir a reclamar que esta calor, que tem muita gente e que nada presta.
Além de que ele também ocupa espaço num sitio que normalmente já é cheio.
Mas infelizmente nem toda a gente pensa assim..
Gostam de levar o home só para o ver chateado, como se fosse castigo! E eles metem-se lá dentro num canto e não se desviam por nada!
Normalmente metem se a beira da maquilhagem a fazer sombra á respectiva mulher e não me deixam ver o que quero!
Mas o pior não é isso!
O pior é quando se lembram de discutir a relação, as finanças, o tempo no meio da Primark..
Por amor á Santa!!!

3- Os testers servem para alguma coisa!

Recentemente fui comprar uma paleta de sombras para sobrancelhas.
Procurei o tester que estava bem identificado, vi as cores, experimentei o produto na mão, gostei e resolvi comprar.
Demorei 15 minutos para encontrar uma paleta fechada e/ou não usada!
Abri á vontade umas 20 que tinha dedadas, pinceladas, estavam partidas ou sujas!
Até parece que o povo gosta de estragar as coisas..
Se existe um tester porque não usa-lo? Há necessidade de abrir um outro produto?
Sim, eu sei que as vezes a Primark não poem tester, ou ele acaba e demoram para repor.
Nesse caso o 1 produto da fila acaba por ser o tester… não se mexe nos restantes!

4- Não vamos mexer no carrinho/saco das outras pessoas!

Volta e meia fico num cantinho a mexer nas coisas, com as mãos ocupadas para me decidir qual modelo levo disto ou daquilo.
Por isso acabo por o saco no chão para ter mais mobilidade com as mãos.
Claro que não meto o saco no meio do corredor!
Procuro um espaço mais vazio, num cantinho para não atrapalhar ninguém.
Mas já apanhei algumas pessoas a mexer no meu saco!
Sobretudo em coisas que estavam em saldos/descontos.
Pah, até acho normal uma pessoa olhar e reparar num produto com etiqueta vermelha.
Mas não é mais bonito parar e perguntar ao dono do saco onde é que estava aquela promoção?
Certamente ainda haverão mais produtos com a promo na prateleira!

5-Obrigado, por favor e desculpe ficam bem em todo o mundo.. a Primark inclusive!

Sim, é normal a gente pisar alguém, ir contra uma pessoa a outra quando ficamos distraídos..
Por isso fica bem dizer, “desculpe” ou “com licença” para passar num sítio mais apertado.
O “por favor” também dá jeito quando queremos ver alguma zona que esta a ser “tapada” por algum individuo!
E claro que o obrigado fica sempre bem também!
Usem estas palavrinhas mais vezes e o mundo será mais feliz!

Cheira me que em breve virá uma “parte dois” deste post 😉
E vocês? Já sentiram a necessidade de dar estes conselhos as pessoas que compram na Primark?

Divirtam-se !!! ;)

pincel duo face