Loading...

Fui despedida recentemente por isso tenho algumas dicas para quem esta a passar por esta fase!

fui despedida
Oi, oi Ladies and Gentlemen!

Como devem ter reparado o blog anda paradinho…
Isso acontece porque a vida deu muitas voltas 😉
Pois é.. fui despedida!
Bem.. temos que pensar que é uma coisa normal na vida de quem trabalha… toda a gente irá passar por isso pelo menos uma vez 😉
(A menos que sejamos freelancer ou dono do nosso próprio negocio)

No meu caso, fui despedida porque que o negócio não ia bem, coisa que eu já ia percebendo com o tempo.
Quando uma pessoa fica com poucos projectos, trabalha apenas para projectos internos a custo 0, e vê os patrões com cara de chateados é sinal que a coisa não vai bem.
Existe sempre a esperança de que seja apenas uma fase e no futuro tudo volte as boas graças.
Mas isso não aconteceu.. chegou o dia em que tive a bela conversa de despedida com os meus antigos patrões.
Desde de que fui despedida fui aprendendo algumas coisas sobre direitos, subsideos e procura de trabalho que acho bom partilhar convosco.. nunca se sabe quando se irá precisar não é mesmo?

1- Como ligar com o despedimento

É sempre complicado..
A rotina da nossa vida vai mudar obrigatóriamente, o que deixa um sentimento triste.
Mas temos que pensar que novos desafios virão pela frente, que a vida pode mudar pelo melhor.
É necessário perceber o que aprendemos nesse último emprego, o que fizemos de bom e queremos levar para uma futura carreira e o que erramos para tentar evitar.
Podemos também ver o despedimento como uma oportunidade de procurar uma carreira numa diferente área, apostar em sonhos…

2- Tribunal de Trabalho

Mesmo que o despedimento seja “amigavel” devemos ir ao tribunal de trabalho verificar o valor correcto dos nossos direitos, dias de férias e perceber todos os papeis que precisamos.
Caso a entidade patronal peça para pagar os direitos em prestações é necessário marcar as datas para esses pagamentos e deixar tudo em contrato no tribunal de trabalho para evitar chatices!

3- Segurança Social

Para receber o subsideo de desemprego é necessário levar 2 papeis, a carta de despedimento e um formulário preenchido pela empresa com todos os dados salariais entre outros.
Normalmente a empresa enviará esse formulário pela plataforma online.
Caso não envie via online terá que vos mandar juntamente com a carta de despedimento (as duas coisas devem ir em carta registrada).
Depois disso a segurança social fará as contas ao valor que irão ganhar.
Dica: A segurança social esta sempre cheia e demoramos imenso tempo lá a espera. por isso o melhor é chegar cedo, tirar a senha e mandar sms para o codigo que lá esta. Podemos sair, tomar pequeno almoço, ir para um café com net e procurar emprego ou dar uma volta e quando faltarem 10 pessoas a nossa frente recebemos um aviso!
Assim não ficamos lá horas e horas á seca!

4- Portefolio e carta de recomendação.

Antes de enviar curriculo nada melhor do que preparar um portefólio com fotos, descrições de projectos já realizados.
Isso mostra a empresa a nossa maneira de trabalhar, sentido de organização e responsabilidade.
Adicionar testemunhos de clientes ou carta de recomendação também dá mais valor ao portefólio.

5- Apostar em formação

Quando uma pessoa esta desempregada acaba por ter mais tempo e deve aproveita-lo para aprender mais.
Existem muitos cursos gratis para desempregados em muitas áreas que dão imenso jeito com linguas.
Basta ir a um Gabinete de apoio do IEFP para ficar a par de todos os cursos.

6- Curriculo

É necessário actualizar o curriculo!
Devemos até ter 2 versões do curriculo, uma versão curta só com os pontos importantes e uma versão completa.
Para não falar que devemos ter o curriculo pelo menos em portugues e ingles.

7- Projectos pessoais são muito valorizados.

Toda a gente tem um hobby e esse hobby deve ser declarado no curriculo!
Desde blogs, trabalhar como voluntário em alguma organização ou pertencer a algum grupo!
Isso mostra a empresa que somos pessoas com vontade de trabalhar por um objectivo que se goste.

8- Não vale a pena desesperar!

Existem fases em que encontramos mais propostas e outras em que não encontramos nada de jeito.
Mas não vale a pena desesperar nem aceitar qualquer proposta!
O nosso trabalho tem valor! Não vamos trabalhar de graça nem por 2 tostões!
Temos que valorizar o nosso conhecimento e tecnicas para que o mercado seja obrigado a dar-nos valor!

9- Arranjar um grupo de amigos e familia para pedir conselhos!

É complicado dizer aos amigos ou familia que estamos sem emprego… mas é sempre bom tem a opinião e apoio moral das pessoas que gostamos!

Felizmente eu já consegui arranjar um novo emprego e estou numa nova fase da vida que irei partilhar convosco muito brevemente 😉
Espero que quem esteja nessa fase de desemprego consiga ter a msm sorte que eu!

Divirtam-se !!! ;)

pincel duo face

 

 

Março 6, 2018

Author: Sami Branco

Ser vivo de metro e meio, estudante na área da computação gráfica e multimédia, tem por hobby a maquilhagem… Enorme talento em gastar dinheiro … Tem um defeito ainda maior… não tem dinheiro..  

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*